0
0
0
s2sdefault

Salvador acaba de ser reconhecida, pela publicação Cities 100, como uma das 100 cidades do mundo que apresentam as melhores soluções na área de sustentabilidade.

Salvador acaba de ser reconhecida, pela publicação Cities 100, como uma das 100 cidades do mundo que apresentam as melhores soluções na área de sustentabilidade. O projeto IPTU Verde, de iniciativa da Prefeitura e desenvolvido pela Secretaria da Cidade Sustentável (Secis), faz parte desse elenco. A Cities 100 buscar identificar as melhores ações políticas dentro de dez setores: Energia Verde, Resíduos Sólidos, Adaptação de Planejamento e Assessoria, Implementação da Adaptação, Medição de Carbono e Planejamento, Construção de Eficiência Energética, Finanças e Desenvolvimento Econômico, Cidades Inteligentes e Engajamento de Comunidades Inteligentes, Transporte e Comunidades Sustentáveis. Ao todo foram realizadas 216 inscrições de 96 cidades de todas as regiões do globo.

A publicação é desenvolvida pela organização sem fins lucrativos C40, que atua no combate às alterações climáticas, pela Realdania, instituição filantrópica que busca dar qualidade e beneficiar o bem comum através de construções sustentáveis e também do grupo de reflexão internacional Sustainia, que trabalha para garantir ações sustentáveis em todo o mundo.   

O objetivo do trabalho é destacar ações inovadoras para o meio ambiente antes da 21ª Conferência Clima (CPO 21), que será realizada em Paris, do dia 30 de novembro a 11 de dezembro, que tem como principal pauta a diminuição da emissão de gases de efeito estufa. A publicação on-line já está disponível (em inglês) no endereço eletrônico: www.sustainia.me/cities. “Esse reconhecimento coloca Salvador na linha de frente na questão de sustentabilidade. Isso mostra que a cidade já está fazendo a sua parte, o que já é reconhecido mundialmente”, afirma o secretário da Secis, André Fraga.

IPTU Verde - O programa oferece até 10% de desconto no IPTU para construções residenciais, empresariais, mistos ou institucionais que contemplem ações e práticas que reduzam os impactos ambientais em suas obras. O percentual de abatimento no valor do imposto, que pode ser de 5% (selo bronze), 7% (selo prata) e 10% (selo ouro), varia conforme a pontuação obtida através dos itens utilizados no imóvel, que são distribuídas em cinco eixos: Gestão Sustentável das Águas, Alternativas e Eficiência Energética, Projeto Sustentável, Emissões de Gases de Efeito Estufa e Bonificações.

Para quem quer se inscrever no programa e buscar maiores informações, basta acessar o site: www.iptuverde.salvador.ba.gov.br.

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...