0
0
0
s2sdefault

Diversas modalidades esportivas foram levadas para a Praia da Preguiça neste sábado (3) durante o projeto ‘Sempre Verão Salvador’, realizado pela Associação de Remo Salvador (ARS) e o Clube Kaiaulu Va’a, com a parceria da Prefeitura, através da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre). O evento, que começou neste sábado e terá ainda outras edições, foi gratuito e teve ainda atividades culturais.

Aulas monitoradas de canoa havaiana, alongamento, funcional na areia, hidroboxe e futevôlei foram disputadas pelo público, que teve direito a café da manhã, apresentações de Dança Tahitiana, de banda de percussão, da Orquestra de Berimbau, DJ Roger N Roll e da Embaixadora do Sempre Verão, a cantora Márcia Castro.

“O Sempre Verão Salvador teve início hoje e foi um sucesso com a oferta de 100 vagas por ordem de chegada. Ao todo o projeto oferecerá 800 vagas para crianças a partir dos 10 anos. E, para participar, é muito simples, basta apresentar documento de identificação com foto e fazer a inscrição no local. Apenas os menores de idade que precisam estar acompanhados por um responsável. Essa é mais uma iniciativa para fomentar o esporte e o lazer em nossa capital e reforçar a implementação de políticas municipais de esporte”, frisou o secretário da Sempre, Júnior Magalhães.

“O intuito é democratizar o acesso às práticas de esporte e lazer, fortalecendo a participação social e o exercício da cidadania, oferecendo a possibilidade de desenvolvimento de habilidades esportivas e culturais em nossa cidade”, acrescentou Magalhães, complementando que projetos como este oferecem ainda vivências para o desenvolvimento humano, fomentando o fortalecimento dos vínculos familiares e comunitários.

O número de inscritos ultrapassou o volume de vagas disponíveis. Foram mais de 150 pessoas participando das atividades, e a modalidade mais procurada foi a canoa havaiana. Moradora de Cajazeiras, Tais Souza estava muito feliz por ter participado da canoagem pela primeira vez e destacou a importância da inclusão. “Foi muito bom ter aqui pessoas cegas, pessoas com todo tipo de deficiência, pessoas surdas, como eu, praticando o esporte. Estou muito alegre, foi uma experiência muito boa, uma diversão pra mim”, disse.

Já Maria da Glória Batista saiu da Pituba, de ônibus, só para conhecer o projeto: “Nunca tinha vindo à Praia da Preguiça, amei remar. Foi uma maravilha. Espero que a prefeitura continue apoiando o projeto e que outras pessoas tenham a oportunidade que eu tive hoje”, celebrou.

Além desse final de semana, as atividades terão continuidade sempre no mesmo horário, nos dias: 17 e 18 de fevereiro na praia da Ribeira; 24 e 25 de fevereiro na Praia de Paripe/Tubarão; e nos dias 02 e 03 de março na praia de Itapuã.

 

 

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...