0
0
0
s2sdefault

O 1º Salão Náutico Salvador com Grand Pavois, encerrado neste domingo (19) na Bahia Marina, movimentou, em seis dias, R$ 70 milhões na comercialização de produtos das principais marcas do setor no Brasil (inclusive de estaleiros de Salvador), França, Canadá, Japão e Estados Unidos. O evento foi realizado pela Prefeitura de Salvador em parceria com o Grand Pavois, salão internacional de barcos que há mais de meio século acontece na cidade francesa de La Rochelle.

Dos 5.300 visitantes, 20% eram pessoas de outros estados e também de outros países, atraídas pela oportunidade de encontrar em um só lugar os principais produtos náuticos e serviços relacionados ao mar. O salão gerou 571 empregos diretos, desde a montagem da estrutura até a prestação de serviços nos estandes das 85 marcas apresentadas.

“A chancela da marca Grand Pavois foi decisiva para o sucesso deste primeiro salão, que ganha assim fortes perspectivas de ampliação e crescimento nos próximos anos”, afirma Eliana Dumet, coordenadora do salão pela Casa Civil da Prefeitura. A organização do salão contou com um esforço concentrado das secretarias municipais de Desenvolvimento, Emprego e Renda (Semdec), Manutenção (Seman), Ordem Pública (Semop) e Comunicação (Secom), além da Limpurb, Transalvador e Guarda Municipal.

As palestras realizadas no auditório também atraíram um público especializado para as discussões sobre indicadores náuticos, economia compartilhada de produtos do setor, legislação, gestão de marinas, arqueologia subaquática, conexões náuticas e turismo sustentável, dentre outros. A presença de personalidades ligadas ao mar também foi destaque no salão.

O navegador Aleixo Belov falou sobre sua mais recente viagem à Passagem do Noroeste, no Ártico, e o velejador e medalhista olímpico Lars Grael contou sua experiência à frente do projeto Grael, iniciativa de incentivo e ampliação do acesso aos esportes náuticos como instrumento de educação. Na plateia, também participaram 49 jovens da rede pública, de 10 a 14 anos, selecionados para o projeto Salvador Social Clube, uma parceria da prefeitura com o Yatch Clube da Bahia para a aprendizagem de esportes náuticos, especialmente vela.

Também estiveram presentes no salão, aberto pelo prefeito Bruno Reis na última terça-feira (14), o reitor da UFBA, Paulo Miguez; o reitor do Senai Cimatec, Leone Andrade; o diretor de comunicação do Grand Pavois, Pierrick Garenne; a secretária da Semdec, Mila Paes; o secretário da Casa Civil, Luiz Carreira; o superintendente do Sebrae na Bahia, Jorge Khoury; o presidente da Associação Brasileira de Construtores de Barcos (Acobar), Eduardo Colunna; dentre outras personalidades do mundo náutico.

0
0
0
s2sdefault

Fale Conosco

O seu canal de comunicação com o nosso site. Caso tenha dúvidas, sugestões ou solicitações de serviços, por favor, mande mensagem que teremos prazer em respondê-la.

Enviando...